sábado, 26 de agosto de 2017

António Brandão de Pinho lança nova obra sobre a Ordem de Malta

António Brandão de Pinho, presidente da Mesa da Assembleia Geral da Associação de Defesa do Património Arouquense lançou uma nova obra sobre a Ordem de Malta, epigrafado "A Cruz da Ordem de Malta nos Brasões Autárquicos Portugueses".


A temática deste novo trabalho de António Brandão de Pinho volta a ser a história da Ordem de Malta e, nomeadamente, da presença desta antiga Ordem Religiosa e Militar em Portugal, onde deteve e administrou bens desde dos alvores da Nacionalidade até à extinção da Ordens Religiosas em 1834. Desta feita, no entanto, o autor faz um paralelismo da história da Ordem de Malta com a história de Portugal, perspectivando-a, depois, em cada uma das autarquias tratadas (mais de oitenta), à luz da leitura heráldica dos respectivos brasões. Trata-se, com efeito, de um trabalho sobre história e heráldica autárquica.

O livro, cuja apresentação e pré-lançamento, teve lugar em Rossas, no passado dia 11 de Agosto, e tem apresentação e lançamento no próximo dia 9 de Setembro, em Lisboa, tem prefácio do Senhor Conde de Albuquerque, Presidente do Conselho da Assembleia dos Cavaleiros Portugueses da Ordem Soberana e Militar de Malta, e uma especial menção, em contra-capa, do Professor Doutor Pedro Soares Martinez, Catedrático Jubilado da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa.

Como se trata de um trabalho com abrangência nacional, optou o autor por entregar a edição à Chiado Editora, que assegura a distribuição em todo o país e no Brasil.

domingo, 26 de fevereiro de 2017

VOTO DE PESAR E CONDOLÊNCIAS

Em Sessão Ordinária da Assembleia Geral da ADPA – Associação da Defesa do Património Arouquense, realizada no passado dia 25 de Fevereiro de 2017, sob proposta da Direcção, foi aprovado pela unanimidade dos associados presentes um VOTO DE PESAR E CONDOLÊNCIAS pelo falecimento do associado n.º 50, Sr. Arqt.º Fernando Augusto Abrunhosa de Brito, residente na cidade do Porto.

Arouca, 26 de Fevereiro de 2017.

O presidente da Mesa da Assembleia Geral
António Jorge Brandão de Pinho

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Pintura alusiva à "Circuncisão do Menino Jesus", originária da Igreja de Rossas, foi objecto de conservação, restauro e Dissertação de Mestrado

A Circuncisão do Menino Jesus
(204,5cm x 150,5cm x 3cm)
Século XVII
SMP

Foi recentemente feita a apresentação pública do trabalho que teve por objecto a investigação, conservação e restauro da pintura "A Circuncisão do Menino Jesus", originária da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição de Rossas, Arouca, e hoje pertencente à colecção particular do Seminário Maior de Nossa Senhora da Conceição do Porto, levado a cabo pela Sra. Dra. Susana Catarina Silva Mendes, e que contou com a colaboração do Dr. António Brandão de Pinho, presidente da Mesa da Assembleia-Geral da Associação de Defesa do Património Arouquense, que há alguns anos a esta parte se tem debruçando sobre a história da paróquia e freguesia de Rossas. De resto, também ele investigou e estudou o paradeiro e história das pinturas outrora pertencentes à Igreja de Rossas, conforme se pode consultar de págs. 194 a 202 do seu trabalho "Rossas e a Ordem de Malta", editado pela ADPA, em Dezembro de 2015.
Mote para uma Dissertação de Mestrado, epigrafada "A conservação e restauro da pintura A Circuncisão do Menino Jesus da coleção particular do Seminário Maior de Nossa Senhora da Conceição do Porto", defendida no âmbito do Mestrado em Conservação e Restauro de Bens Culturais da Escola das Artes da Universidade Católica Portuguesa, este trabalho e investigação teórico-prática, revela um estudo exaustivo, com cerca de 190 páginas, que muito vem contribuir para o conhecimento do tema em apreço, valorização da pintura e, também assim, da história da própria Igreja Matriz de Rossas.
Uma vez aqui chegados, António Brandão de Pinho deseja que, não sendo já hoje possível fazer retomar as antigas quatro pinturas outrora pertencentes à Igreja de Rossas e actualmente (desde os anos 50 do século passado) pertencentes à colecção particular do Seminário Maior do Porto, seja possível, pelo menos, fazer réplicas das mesmas para colocar na Igreja Matriz ou Museu Paroquial de Rossas e que, nas originais, agora todas expostas no Seminário Maior do Porto, sejam colocadas legendas com o local de proveniência. Oxalá assim aconteça!

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

ASSEMBLEIA GERAL
CONVOCATÓRIA
Eu, António Jorge Brandão de Pinho, presidente da Mesa da Assembleia-Geral da ADPA - Associação de Defesa do Património Arouquense, em conformidade com as disposições legais aplicáveis e estatutos da associação, convoco todos os associados para uma Sessão Ordinária, a realizar sábado, dia 25 de Fevereiro de 2017, pelas 17h00, na sede da associação, sita na ala sul do Mosteiro, Largo de Santa Mafalda, na vila de Arouca, com a seguinte
ORDEM DE TRABALHOS:
1. Apresentação e votação dos Relatórios de Actividades e Contas, referentes ao exercício de 2016;
2. Tratar outros assuntos de interesse.
Arouca, 25 de Janeiro de 2017

O presidente da Mesa da Assembleia-Geral
António Jorge Brandão de Pinho
Se à hora indicada não se verificar o quórum necessário, a Sessão terá inicio decorrida meia hora com o número de associados presente.
ASSEMBLEIA GERAL
CONVOCATÓRIA
Eu, António Jorge Brandão de Pinho, presidente da Mesa da Assembleia-Geral da ADPA - Associação de Defesa do Património Arouquense, em conformidade com as disposições legais aplicáveis e estatutos da associação, convoco todos os associados para uma Sessão Ordinária, a realizar sábado, dia 25 de Fevereiro de 2017, pelas 16h30, na sede da associação, sita na ala sul do Mosteiro, Largo de Santa Mafalda, na vila de Arouca, com a seguinte
ORDEM DE TRABALHOS:
1. Apresentação, discussão e votação do Plano de Actividades e Orçamento, para o exercício de 2017;
2. Tratar outros assuntos de interesse.
Arouca, 25 de Janeiro de 2017

O presidente da Mesa da Assembleia-Geral
António Jorge Brandão de Pinho
Se à hora indicada não se verificar o quórum necessário, a Sessão terá inicio decorrida meia hora com o número de associados presente.

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

NOTA DE PESAR E CONDOLÊNCIAS


Foi de forma inesperada, com profunda consternação e pesar que recebemos a notícia do falecimento do senhor Arq.º Fernando Abrunhosa de Brito (1934-2016), amigo e associado n.º 50 da Associação da Defesa do Património Arouquense.
Pessoa de bom trato, afável e atencioso, e o homem que, seguramente, mais sabia sobre os ascendentes dos arouquenses, Fernando Abrunhosa de Brito, arquitecto de formação e genealogista e historiador por vocação e dedicação, compulsou como ninguém antes dele os registos paroquiais de Arouca, traçando a genealogia de grande parte das principais casas das freguesias do vale de Arouca, destancando-se dentre os seus inúmeros trabalhos e artigos, os dois Volumes de "As Doze Portas de Gerações de Arouca".
À família e amigos do senhor Arq.º Fernando Abrunhosa de Brito, em nome dos associados da Associação de Defesa do Património Arouquense e em meu nome pessoal, manifesto os mais sinceros votos de pesar e condolências.

Lisboa, 07 de novembro de 2016.

O presidente da Mesa da Assembleia Geral
António Jorge Brandão de Pinho

terça-feira, 8 de março de 2016

ÓRGÃOS SOCIAIS PARA O BIÉNIO 2016-2018

Das eleições realizadas no passado sábado, dia 27 de Fevereiro, para o biénio 2016-2018, resultou a seguinte composição dos Órgãos Sociais:

ASSEMBLEIA GERAL
PRESIDENTE: António Jorge Brandão de Pinho, Rossas
SECRETÁRIO: António Dias Madureira, Alvarenga
VOGAL: Manuel Valério Soares de Figueiredo, Canelas
..
DIRECÇÃO

PRESIDENTE: Filomeno Amaro Soares da Silva, vila de Arouca
VICE-PRESIDENTE: João Oménio Pedro Pereira, vila de Arouca
TESOUREIRO: Alberto de Pinho Gonçalves, vila de Arouca
SECRETÁRIO: Alberto Carreira Brandão de Vasconcelos, Burgo
VOGAL: José Augusto Gonçalves dos Santos, vila de Arouca

..
CONSELHO FISCAL
PRESIDENTE: Zeferino Duarte Brandão, Várzea
SECRETÁRIO: António de Pinho Gonçalves, vila de Arouca
VOGAL: António David Gonçalves da Silva, Rossas